quinta-feira, 31 de março de 2011

O FIM DO MUNDO

Queridos companheiros de jornada,

Existe um motivo para termos nos afastado. Em meio a tantos pensamentos achamos por bem refletirmos por uns instantes. Pensamos muito sobre qual nosso papel, não somente no blog mas no mundo e em nossas vidas.

Eu, Larissa, particularmente sempre tive uma imensa vontade de mudar o mundo, principalmente por não compreender porque ele ainda é desta forma, com tanta guerra e violência. Então tudo o que fiz foi sempre pensando nisso. Sei que era ingenuidade de criança mas ainda acho que é possivel, só depende de nós.
Então estudei, li, pesquisei e cheguei em um ponto onde me pergunto: e agora?

Porque parte de mim acredita em ets, em transição planetária, outra parte duvida. Sei que muitos se perguntam o que ocorrerá nos próximos meses.

Quais são os seus papéis, dentre aqueles que também se prepararam a vida inteira? Assim, vamos pensar em termos práticos.

Temos duas hipóteses básicas:
1) Ocorre a transição.
2) Não ocorre.

Se ocorrer a transição e não estivermos cumprindo nosso papel, por não confiarmos em nossas intuições?

De repente esperamos por isso mas ficamos apenas esperando mesmo, por medo, por pensar em quantos se equivocaram antes de nós. Quantas datas marcadas e nunca cumpridas...
Poucos são os que realmente confiam e agem de acordo com o que se propuseram desde o inicio, talvez antes de encarnar. Muitos ficam pesquisando aqui e ali, eufóricos quando desastres acontecem porque isto indica que algo maior estaria para ocorrer. Mas não fazem nada além disso, principalmente no âmbito interno.

Não se analisam, ignoram seus defeitos e seguem se julgando evoluídos só por terem interesse em assuntos esotéricos. Mas ainda estão preocupados com distinções tais como quem é melhor, se índigo ou cristal, de que planeta descendem e por aí vai. Isto não é nada evoluído. Se você é assim, repense seu modo de agir.

Dentre os que acreditam podemos fazer um aparte sobre aqueles que piraram. Como a história recente da família que rasgou documentos e dinheiro e foi pra estrada esperar o resgate, o arrebatamento (veja o video abaixo). Devemos ter cuidado, pois o momento é de muitas expectativas e pessoas inescrupulosas podem se aproveitar de pessoas crédulas. Por isso, temos que esperar por mudanças e que as profecias se cumpram, ou melhor devemos ser a mudança. No entanto, devemos lembrar das palavras de bom senso de Jesus, quando nos disse que nem mesmo ele sabia do dia, somente o Pai. Ou seja, estamos de olhos atentos aos sinais, observando as profecias de perto, porém, sempre conscientes de que ninguém sabe de datas, ou mesmo se vai ocorrer algo. Assim, fiquemos em alerta sem piração, pois isso pode nos fazer vítimas de espertalhões, sejam padres, pastores, gurus, supostos videntes, blogueiros e toda espécie de especialistas da nova era.

 Temos que ter cautela. Agora, e se não ocorrer nada?

Grande alvoroço foi criado com a notícia veiculada que não existe nada sobre o fim do mundo na profecia maia. Muito se fala, mas ninguém sabe exatamente do que se trata a tal profecia. Existe um único bloco de pedra que cita a data de dezembro de 2012. Inclusive seria o mesmo evento que eles citam como a criação da sociedade em 3114 a.C.. Assim, o evento que os maias consideravam o início de sua civilização, o início do 13 Bak'tun se repetiria ao final do ciclo em 21 de dezembro de 2012.

Mas de alguma forma o evento não seria igual, mas invertido, o alinhamento dos astros estaria espelhado. Eventos ocorreram por volta desta época, civilizações floreceram, construiram maravilhas, mas nada que possa ser cientificamente comprovado ocorreu nesta época. Então nada indicaria que um apocalipse irá ocorrer. O que a profecia diz de fato então:


> tzuhtzjo:m uy-u:xlaju:n pik
tzu2-jo-ma u-13-PIK

It will be completed the thirteenth Bak’tun.
> chan ajaw u:x uni:w
4-AJAW 3-UN-wi

It is 4 Ajaw 3 K’ank’in
> uhto:m il?
u-to-ma i-li?

and it will happen a ‘seeing’.
> ye’ni/ye:n bolon yokte’
ye-ni-9-OK-TE’

It is the display of B’olon-Yokte’
> ta chak joyaj
ta-CHAK-jo-JOY[ja]

in a great ‘investiture’.

Em uma tradução livre, diz que terminará o 13 bak'tun (ciclo longo do calendário maia). O 4 Ajaw 3 K'ank'in refere-se a data, que segundo os cálculos seria dia 21 ou 23 de dezembro. E acontecerá um "avistamento". É o dispositivo de B'olon-Yokte, em uma grande investidura, ou tomada de posse. Bolon Yokte é um deus maia, provavelmente vinculado a uma divindade principal de pássaro, que é representado com uma lança no código Dresden. Ver discussão importantissima sobre quem é esta divindade aqui http://famsi.org/pipermail/aztlan/2007-December/003272.html, onde sugerem que este deus está vinculado a grandes dilúvios.
O Monumento 6 de Tortuguero que contém este trecho está danificado e algumas partes podem não estar bem identificadas, mas o que os maias acreditavam que ocorreria é a volta deste ser, ou de algum evento trágico que ele representa.
Chilam Balam, um dos mais importantes governantes Maia diz que o que aconteceu no katun passado irá ocorrer no katun futuro. O deus Bolon Yokte parece exercer um papel ativo na destruição e reoganização das forças cósmicas bem antes de uma nova era, e a profecia diz que ele volta ao final de 2012.

Isso não diz que o mundo vai acabar, que um vulcão entrará em erupção ou um planeta chupão irá levar os maus daqui.
O que se percebe é que fazemos uma transferência de nossos problemas, ao invés de tentarmos resolvê-los, esperamos a intervenção divina. Isso também não quer dizer que nada irá ocorrer, mas apenas nos faz pensar sobre nossas atitudes.

Se houver um resgate, cada um será julgado por seus atos, não haverá debate, discussão, não serão aceitas desculpas. Se nada ocorrer, seremos nós os responsaveis pelas guerras, pela destruição e pelas mortes que causamos. Seremos nós os responsáveis. Somos nós.

Mesmo que alguns fatores não dependam exclusivamente dos seres humanos, tal como uma explosão solar, podemos mudar como reagimos. Usar nossa tecnologia para o bem de todos, acabar com a distinção, com as nações. Somos todos um ou isso é só demagogia?

Vamos pensar sobre 2012, mas vamos agir, vamos mudar, podemos não ter mais tempo, seja por desastres ou por nosso própria ignorância, vamos nos abrir e nos amar.

Amamos muito vocês!
Beijos

Larissa e Claudia


O Pólo Norte Magnético está realmente mudando?

O Pólo Norte Magnético está realmente mudando?

A despeito do que dizem cientistas, que afirmam que tal mudança está a milhares de anos de ocorrer, os fatos parecem demonstrar o contrário.
O vídeo mostra o simulador da magnetosfera do Japão no dia 30 de março, ontem, e segundo o autor do vídeo existem diversos relatos de anomalias magnéticas de diferentes partes do mundo com alterações nas bússolas.
O site japonês comprovaria estas anomalias, através da simulação real e do que causou a anomalia. É um vento solar que causou uma interferência entre o norte e o sul magnéticos.
Ele cita que no momento em que ocorre o fenômeno, não existe qualquer interferência de partículas oriundas do sol.
Ele fala também que as pessoas querem provas, provas e mais provas e agora nós temos!
Na sequência temos vídeos de diversas pessoas filmando as alterações na bússola.
O autor do vídeo ainda toma o cuidado de mostrar todos os detalhes para não ser chamado de mentiroso e que as mudanças não são tão dramáticas quanto forma no dia anterior, mas ainda assim são a prova de algo que está acontecendo.
Agora ficou dificil negar!!!


sexta-feira, 18 de março de 2011

Yellowstone em Alerta!

Abaixo do parque nacional de Yellowstone, existem um um vulcão, não do formato como conhecemos um...
O parque é conhecido pelo seus geisers, que são buracos que expelem gás e fumaça, tudo devido ao gigante adormecido que há no local.


Sua última explosão foi a 640.000 anos atrás e apesar dos cientistas em sua maioria desacreditarem qualquer atividade em um futuro próximo, é possível que ele se transforme em um super-vulcão, o que destruiria a vida por centenas de milhas ao redor e cobriria os Estados Unidos inteiros de cinzas.
O famoso físico Michio Kaku, conhecido por suas participações em documentarios, deu uma entrevista a rede CNN, alertando sobre o perigo da explosão que pode ocorrer a qualquer momento, ou daqui a 100.000 anos, rsrsrsrs. Em média o vulcão entra em erupção a cada 600.000 anos, ou seja, estaria no período de uma nova explosão, e o solo no local esta se alterando atualmente. Quando a reporter perguntou se existia algo a se fazer caso isso ocorresse sua resposta foi categorica: RUN! (Corra) e ressalta que não temos experiência com supervulcões o que o torna realmente imprevisível. Abaixo a entrevista com audio em inglês e sem legendas.


O fato é que nos últimos dias o local vem atraindo atenção e entrou em estado de alerta...


O que sabemos de concreto, principalmente após o desastre no Japão, é que não temos como prever estes acontecimentos, só podemos torcer pelo melhor para todos. Aproveitamos para alertar que o vulcão Kilauea no Havai, está em alerta laranja e o de Cleveland em amarelo, o de Yellowstone ainda não foi atualizado desde o dia primeiro de março, mas as mudanças significativas ocorreram depois do dia 16.


Fiquem em paz!

quinta-feira, 17 de março de 2011

A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA - pelo Grupo de Estudos Ramatis (GER) -Rio


O que é a Transição?
Transição Planetária, Juízo Final, Final de Tempos, é um balanço de fim de era ou a mudança de ciclo evolutivo. Tudo na natureza obedece a ciclos da vida: nasce, cresce, alcança a plenitude, envelhece e morre. Morrer não é bem o termo, pois como dizia Lavoisier "na Natureza nada se cria, nada se destrói, tudo se transforma". Assim, a Terra no momento está vivendo um período de mudanças, isto é, passando de um ou ciclo para outro, o que resultará em grandes transformações, tanto na parte física como na moral de seus habitantes.

O que ocorre com o corpo físico?
Nós vivemos na 3ª dimensão, uma dimensão que constitui uma densidade corporal mental e emocional que impõe uma série de restrições físicas, e fazem com que os nossos corpos sintam determinadas emoções e distúrbios, pela lentidão da circulação da energia psico-elétrica nos canais de força. Quando as vibrações dos corpos vão se acelerando em saltos quânticos, a pessoa começa a vibrar numa freqüência mais sutil do que a 3ª dimensão. É um processo individual em que cada pessoa se aprimora, se educa, controla os pensamentos, as emoções e começa a vibrar numa freqüência mais sutil.

Como será essa passagem?
Essa passagem vai ser iniciada quando o setor do nosso sistema solar, junto à nossa galáxia, passar por um portal dimensional. A Terra se prepara para ascender à 4.ª dimensão. Quando o nosso planeta passar por esse portal dimensional, tudo que existe na superfície da 3ª dimensão irá para a superfície da 4ª dimensão, e da 4ª dimensão irá para a 5ª, e assim sucessivamente, inclusive os seres humanos.

Quem será retirado?
Quando houver a passagem dimensional, a maioria dos habitantes da Terra não suportará a vibração. Os espíritos sombrios, trevosos, que têm prazer no mal, no egoísmo, no destrutivismo, não suportarão as energias da 4ª dimensão, porque é uma energia tão alta que produziria como que choques eletromagnéticos no corpo físico das pessoas, que provocariam a morte instantânea por desintegração. Para que isso não aconteça, aqueles que não estiverem sujeitos a passar pelas severas provas, serão retirados e colocados em local seguro pelos seres vindos de outros planetas, constelações, galáxias e até mesmo universos, que por amor estão aqui para ajudar os irmãos mais atrasados, que somos nós aqui do planeta Terra; para nos ensinar o respeito às leis superiores, procurando não interferir diretamente nas nossas ações, porque sabem que temos o livre-arbítrio, nosso carma e as nossas escolhas.

Como devem se comportar as pessoas?
Muitas pessoas ao tomarem conhecimento da transição deixam de viver as realizações assumidas antes da encarnação, esperando a transição planetária aconteça. É um aspecto negativo, porque a intenção não é impedir que as pessoas vivam ao saber que grandes transformações irão marcar as suas vidas. A intenção é aliviar a dor, dando-lhes a consciência de que um mundo muito melhor do que esse que estamos vivenciando no momento irá surgir no futuro muito próximo, futuro que a nova geração irá viver, e para que as pessoas possam também ter a oportunidade de não desperdiçar o tempo em coisas puramente materiais, como aqueles que encarnaram no passado tiveram.

Como compreender a Transição?
Compreender a transição é algo que a pessoa precisa já ter dentro de si, antes de encarnar; de acreditar na transição planetária, acreditar de forma lógica, coerente, não fanática, onde, embora não perceba - mas como a vida dela está muito difícil - ela decide acreditar em algo que não sente, mas acredita sem sentir porque a vida não está fácil.
A pessoa precisa buscar, sentir a mudança que está ocorrendo, sentir a mudança que está no mundo, para compreender a transição; senão só vai entendê-la, e entender só não basta porque pode levar a diversos erros: fugir à responsabilidade, alienar-se do mundo e da realidade em que vive; negligenciar a sonhos que teriam o poder de mudar muito a vida em volta da pessoa; não esperar acontecer algo externo para mudar o interno.

Como fica o lado interior?
O mais importante na transição é o lado interior, e o mundo espiritual há muito tempo vem advertindo que a humanidade teve 2.000 anos para se preparar para a transição planetária. Não há esse negócio do arrependido de última hora, porque é a vibração que determina o nível evolutivo de cada Ser. O Ser não dá salto quântico por causa de medo, o medo não transforma ninguém; é a consciência, o amor que transformam as pessoas; é a compreensão da necessidade de se auto-aprimorar, não o receio de ser transferido para um mundo involuído, porque muitos seres serão transferidos para mundos primitivos, para dar curso a sua evolução; outros irão para planetas cujo nível evolutivo é semelhante à Terra de agora; enquanto uma minoria que, ao longo de séculos e milênios, se aprimorou, poderá ter a oportunidade de regressar ao planeta Terra, em corpo físico ou permanecendo espiritualmente no astral, para futura reencarnação em mundo mais aprimorado.

Devemos realmente acreditar na Transição?
Muitos seres, através dos tempos, já se ocuparam da transição planetária. Existe uma vasta literatura sobre o assunto, que foi trazida através de médiuns, videntes, profetas, e até mesmo de religiosos. A partir do final da década de 40, tivemos Ramatis que, através de seus livros, principalmente de Mensagens do Astral tratou sobre a transição planetária, falando do planeta intruso ou higienizador, que já entrou no nosso sistema solar e está se aproximando cada vez mais da Terra.
Agora, a questão de acreditar se vai acontecer ou não é muito relativa. Para alguém que não sinta, não adianta falar milhões de palavras, porque não vai aceitar, não vai acreditar; para quem sente, assim como para o bom entendedor, meia palavra basta. A transição é um acontecimento cósmico e envolverá todo o nosso sistema solar, galáxia, enfim, todo o universo, e de todos os organismos cósmicos que estão envolvidos certamente a Terra é a que está menos preparada para enfrentar essa transição. Portanto, independe de a pessoa acreditar ou não, é um evento que já está previsto e programado há milênios e nada impedirá ou mudará o curso dos acontecimentos.

Qual a influência do Astro Intruso na transição?
Além dos relatos dos profetas e videntes, diversos cientistas já sabem da presença desse planeta nas proximidades do nosso sistema. Muitas pessoas nos EUA, influentes no governo, já têm até abrigos anti-atômicos, onde pensam poderem se resguardar da influência do planeta intruso, o que chega a ser engraçado, isso porque se trata de acontecimento envolvendo não apenas um planeta, mas, como já foi dito, envolve também o nosso sistema solar, a nossa galáxia e todo o nosso universo, além de um portal dimensional, e não existe nada embaixo ou acima da superfície da Terra que possa impedir uma mudança vibratória. Além disso a aproximação desse planeta irá provocar a verticalização do eixo da Terra, ocasionando uma série de cataclismos que irão transformar totalmente a face do planeta.

Quando será o Clímax da transição?
Se verificará com a verticalização do eixo da Terra. O momentum é algo que só o Creador sabe. Repetimos mais uma vez aquelas conhecidas afirmações feitas por Jesus a João no Apocalipse: "Desse dia e dessa hora nem eu nem os anjos (leia-se extraterrestres) sabem, mas só o Pai." ou "Ela virá como o ladrão no meio da noite." Sabe-se contudo, como já nos têm afirmado os Irmãos Extras, está muito próximo. Não devemos nos preocupar, porém, com datas, para que não venhamos nos envolver por nenhum clima de pânico, porque senão perderemos uma oportunidade de crescimento interior, dando extrema importância ao ato externo da transição planetária. Devemos, sim, nos preocupar com a nossa reforma interior, porque se estivermos vibrando na Luz nada nos acontecerá.

Deve-se estocar alimentos?
Muitas pessoas estão recebendo orientação para estocar alimentos para um período de três meses, para suprir as necessidades durante os três dias de escuridão e num período posterior. Isso vai ficar a critério de cada pessoa, se estoca alimento ou não. Deve-se ressaltar que de nada adiantará uma preparação material se a preparação espiritual não for colocada como prioridade. O mundo material está chegando ao seu fim, e dele nada restará no futuro. Então, tudo que devemos fazer é ter a consciência de que aquilo que verdadeiramente nos salvará não é a preparação material, e sim a preparação espiritual.

As mudanças serão só físicas?
A transição não é apenas a mudança do planeta fisicamente, o espírito que habita este astro está evoluindo, dizem que até outro espírito irá ocupar o espírito da Terra, mais evoluído até. Porém, acima disso tudo, estamos em via de entrar em contato com o despertar da Consciência Cósmica, saindo de uma situação de exilados do mundo de Deus, para nos ligarmos a Grande Ordem Suprema que coordena os universos. Esta civilização nasce, vive e morre pensando que a vida é só comer, estudar, trabalhar, procriar, comprar coisas, usufruir coisas, morrer e tudo acabar, ou, no máximo, reencarnar. Agora com a mudança planetária teremos a oportunidade de ver que vida é mais do que isso. Portanto, a preparação para tal evento deve ser global, integral - física e moralmente. O homem deve entender que é um ser divino e que está aqui trabalhando para a sua evolução. No momento deverá tomar conhecimento das novas orientações e esclarecimentos que estão chegando através de grupos como o nosso, através de livros diversos, e de muitos que estão trabalhando nesta Cruzada de Esclarecimento, para que o homem possa participar disso tudo de maneira ativa; alevantar as pessoas para as suas missões, para a finalidade de justificar a sua existência aqui na Terra. As pessoas, por si sós, são suficientemente potenciais para fazer uma grande transformação, mas ficará mais bonito, mais venturoso se estivermos fazendo aqui agora juntos, e que nunca percamos a esperança em Deus ou na Luz que nos carrega nessas situações.

Os motivos para divulgar a Transição
Assunto extremamente delicado, que gera muita polêmica e controvérsia. É necessária uma preparação muito elaborada no Astral e uma persistência hercúlea aqui no físico para que se possa ter forças para continuar divulgando. É que as pessoas precisam continuar vivendo, realizando suas obrigações, antes que o apogeu aconteça, e quando acontecer saber que continuarão trabalhando, existindo, vivendo - alguns neste plano, outros em outro plano. Para os que trabalham pelo crescimento interno, a idéia de gerar sofrimento prematuro em qualquer pessoa é desagradável, é uma idéia perturbadora, daí todo o cuidado que se deve ter ao passar a tranqüilidade, a harmonização. Felizmente, temos observado que no meio em que trabalhamos essa informação não gera clima de medo, de pânico, e sim de conscientização, de modo que se falássemos que a transição seria daqui a uma semana, a pessoa estaria consciente de que não iria cometer desatinos nem negligenciar responsabilidades.

O que ocorrerá com a verticalização do eixo?
O magnetismo do planeta vem há muito alterando a situação original do eixo terrestre. Equipes especializadas, preparadas com esta finalidade, vêm procurando manter estável a situação do eixo terrestre neste momento planetário, para que irmãos espaciais possam atuar, possam agir, auxiliando ao maior número possível de seres encarnados e desencarnados ligados à Terra. Mas tem um prazo para a ação, não se pode manter indefinidamente esta situação. Quando ordens superiores chegarem, as equipes não mais poderão manter este estado de coisas e o eixo finalmente será liberado, entregue às próprias forças do magnetismo astralino terrestre. Aí, então, a verticalização acontecerá e a Terra reagirá as injúrias que lhe foram e que lhe são impingidas pela mente e pelo espírito infantil da humanidade terrena, que descrente desconhece a grandiosidade do presente recebido de Deus.

Que fique bem claro: não haverá "O Fim do Mundo", mas o início de um novo mundo, de uma nova civilização, de uma nova humanidade.
Após o resgate a Terra será limpa pelos processos de ordem natural, desempenhados pelas forças da natureza deste organismo vivo que ora habitamos. Varrerão a superfície terrestre a água, o vento, o fogo. Tudo se modificará e tudo se prepara para receber os novos seres numa nova Terra que deverá ser reconstruída com bases na união fraterna, no amor entre os homens. Não haverá mais espaço para cobiças desmesuradas, para ambições, para a luta pelo poder. Uma só Terra para homens de bem que possam interagir desfrutando os benefícios que lhes oferecerá a nova Terra, oferecendo a ela o nosso respeito, o nosso amor e nossa gratidão.

Outros pontos a considerar:
· As pessoas serão transferidas para outros mundos. Muitos chamados, poucos escolhidos...
· A Terra ao longo de sua história já passou por várias transformações, mas o que distingue essa mudança das anteriores é que é o ponto final de vários ciclos.
· A Criação encontra-se às vésperas de um grande salto quântico consciencial.
· Dentro do concerto cósmico a Terra estará atravessando um portal dimensional.
· A Separação do joio do trigo: aqueles que não atingiram um referencial mínimo. A maioria não está preparada porque não trabalhou o seu lado espiritual.
· O medo da morte, o apego - tanto afetivo como material - é o principal trauma na transição.
· As pessoas de repente não vão mais ter dinheiro no banco, emprego, carro, acaba tudo.
· Lugar seguro? Não existe, não adianta comprar fazenda no alto ou fazer abrigo.
· As pessoas precisam imediatamente cultivar o desapego material? Ter para viver e não viver para ter.
· Não encarar tudo como meu, minha, mas como empréstimo.
· Iniciar já o processo de preparo interno, não há como fugir eternamente. Não se pode continuar tirando o corpo fora, empurrando com a barriga ou ficar em cima do muro. Simplesmente porque não haverá mais muro. Desta vez é para valer: ou se estará do lado da Luz ou estará do lado das trevas.
· Aqueles que já tiverem contatado com o seu Eu Interno e com a Hierarquia Espiritual, e também praticado o desapego material e afetivo terá muito menos problemas.

A Higienização do Planeta
Após o resgate a Terra será limpa pelos processos de ordem natural, desempenhados pelas forças da natureza deste organismo vivo que ora habitamos. Varrerão a superfície terrestre a água, o vento, o fogo. Tudo se modificará e tudo se prepara para receber os novos seres numa nova Terra que deverá ser reconstruída com bases na união fraterna, no amor entre os homens. Não haverá mais espaço para cobiças desmesuradas, para ambições, para a luta pelo poder. Uma só Terra para homens de bem que possam interagir desfrutando os benefícios que lhes oferecerá a nova Terra, oferecendo a ela o seu respeito, o seu amor e sua gratidão.

A Mudança interior
Portanto, agora é o momento de tomarmos a consciência da mudança interior, da mudança de valores, buscando compreender as leis divinas e os seus princípios. Agora é o momento de resgatarmos as nossas dívidas, sejam elas quais forem. Pois breve está o dia em que o prazo será irremediavelmente encerrado. A preparação para tal evento deve ser global, integral, física e moralmente. O homem deve entender que é um ser divino e que está aqui trabalhando para a sua evolução. No momento deverá tomar conhecimento das novas orientações e esclarecimentos que estão chegando através de grupos como o nosso, através de livros diversos, e de muitos que estão trabalhando nesta Cruzada de Esclarecimento, para que o homem possa participar disso tudo de maneira ativa, levantar as pessoas para as suas missões, para a finalidade de justificar a sua existência aqui na Terra. As pessoas, por si sós, são suficientemente potenciais para fazer uma grande transformação, mas ficará mais bonito, mais venturoso se estivermos fazendo agora aqui juntos, e que nunca percamos a esperança em Deus ou na Luz que nos carrega nessas situações.

AS FASES DA TRANSIÇÃO

ANTES DA TRANSIÇÃO

Os sinais (a fase que antecede as transformações):
· A mudança de clima: mutações climáticas; temperaturas elevadas, muito baixas, etc;
· As ressacas das águas do mar; a elevação do nível do mar;
· Surgimento de doenças não existentes e de fenômenos que farão as pessoas se sentirem doentes sem estarem;
· Os furacões, tufões, tornados, principalmente nos EUA - nunca em tempo nenhum se verificou tantos acontecimentos no gênero em toda a história americana;
· Abalos sísmicos, terremotos, maremotos (Irã, ano passado)
· Comportamento humano: a degradação dos costumes, sensualidade, práticas sexuais exacerbadas, onde são admitidas como autenticidade e estesia as práticas sexuais livres, enfraquecendo costumes e inferiorizando níveis sociais, o que é pura libidinosidade;
· Preferências sexuais pervertidas e condenáveis, que terminam consagradas pela imprensa e pelo povo, tal a maneira que são expostas nos meios de comunicação (TV, rádio, etc.)
· Maldade, violência, corrupção de valores e moral;

DURANTE A TRANSIÇÃO

Os acontecimentos (a fase das transformações):
· Os três dias de escuridão: os cuidados que deverão adotar antes e durante o período;
· Aumento dos fenômenos climáticos: tufões, erupções vulcânicas; terremoto, maremoto, vendavais, dasabamento, guerras;
· Os período que virá após os três dias de escuridão: as transformações sócio-culturais; mudanças no comportamento humano: capacidade de comunicação, telepatia, autocura - estaremos libertos de coisas antigas;
· Quebra dos valores - as pessoas que se julgam poderosas, ricas, sábias, de um dia para o outro encontrar-se-ão ao desabrigo sem ter sequer um prato de comida;
· Aparecimento de doenças que não existiam e sintomas nas pessoas que os médicos não detectam o tipo da doença;
· O reencontro de seres afins; descobrir que entre os seus não estão as pessoas que constituem os grandes afetos de sua existência, de sua vida, e por causa de seus erros estão longe de sua família, estão vivendo noutras épocas, noutros lugares;
· O desmantelamento dos sistemas: transporte, alimentação, produção e distribuição de energia; abastecimento dos meios de transporte, etc.
· O desmoronamento do sistema financeiro, econômico e bancário, etc.
· Inundações, inicialmente pela elevação do nível das águas pelo degelo dos pólos, posteriormente pela verticalização do eixo da Terra.
· O Resgate, arrebatamento, Evacuação, etc.
· A partida de alguns para seus mundos de origem;

APÓS A TRANSIÇÃO
· A acomodação do solo terreno; a transformação das terras, cultiváveis, habitáveis, etc.
· O surgimento de novo(s) continente(s) e o desaparecimento de outro(s);
· A descida das naves-cidades para dar o primeiro impulso à nova civilização.


quarta-feira, 16 de março de 2011

Vamos conversar um pouquinho?

Caros irmãos e irmãs de caminhada e evolução.

Observando os recentes acontecimentos no Brasil e no mundo, resolvi fazer um pequeno post, mais como um desabafo. Ainda assim, algo me faz escrever, me faz falar a todos, mesmo que poucos leiam e deem atenção...

O fato é, estamos nos entregando, o mundo está sendo dominado pelas sombras, basta dar uma rápida olhada nos noticíarios, nos programas de maior audiência da TV, na corrupção, enfim, basta olharmos para a vida real que a sensação é de total desolação.

Por mais que falemos que precisamos nos amar, que só o amor vai mudar a vibração desse planeta, as mudanças não conseguirão se concretizar. Porque o mal está ganhando essa batalha.

Eu tenho uma visão muito simples, de que duas forças antagônicas estão em luta constante tentando ganhar. Use o nome que quiser: Satanás x Jesus; Bem x Mal; Deus x Diabo; Luz x Trevas; não importa o nome...

Vieram muitos seres evoluídos para nos ajudar, nos ensinando como deveríamos nos comportar para evoluir, cada um pode citar o seu, eu cito Jesus.

Desde que Jesus (o Enviado Cósmico, o Messias, o ET, o Cristo Cósmico...) veio e nos ensinou uma regrinha básica, amar a Deus e amar o próximo, que isso era o suficiente, provamos que somos uma raça de estúpidos. De uma mensagem extraordinária de amor, fizemos as palavras do Rabi virar uma arma de guerra. Guerra que se concretizou nas batalhas em nome dele, nas Cruzadas, na Inquisição, nas lutas entre católicos e protestantes, entre protestantes e protestantes das diversas denominações... isso são alguns exemplos.

De uma simples mensagem de amor, se criaram infinitas teologias, discussões, levando o ser humano cada vez mais longe de Deus, de Jesus. A cada interpretação das palavras de Jesus, dada pelos "eruditos", senhores sabe tudo, o povo foi se afastando da verdadeira mensagem Universal e Cósmica, que é amar.

Quando amamos, respeitamos. Quando respeitamos, não destruimos. O amor só tem o poder de destruir o egoísmo e toda treva que o envolve.

Enquanto ficamos discutindo qual religião, ou qual igreja, ou qual teologia é a certa, estamos nos afundando na lama da evolução. Continuamos seres insignificantes para todos os seres evoluídos, por que somos estúpidos. Porque não conseguimos entender uma regra muito simples.

Quando falo que somos todos um, não me refiro apenas ao nosso planeta. Somos todos um num Universo onde várias raças, em diferentes dimensões, estão diretamente ligados, porque foram criações da mesma fonte. Por isso, o que fazemos aqui não afeta apenas o meu vizinho, afeta o Universo todo.

Olhe para as nossas invenções: temos irmãos morrendo de fome, no entanto milhões, bilhões em dinheiro são gastos para criar bombas atômicas. No entanto, não podem resolver o problema de quem chora de fome?

Os cientistas procuram a cura para a AIDS, o Câncer, e no entanto, muito dinheiro é investido para se criarem doenças, pragas, para serem usadas como arma de guerra.

Como podemos ainda ter a palavra GUERRA na nossa boca, no nosso dicionário, depois de tantos anos da mensagem de Jesus, depois de Buda, de Madre Teresa, de Chico Xavier, de Gandhi, de Francisco de Assis?????

Olha o vazamento radioativo no Japão. Precisamos de energia nuclear para colocar tanta bugigangas eletrônicas para funcionar. Evoluímos muito tecnologicamente, não há dúvidas. Não vivemos sem celular, computadores, tv... Mas, podemos viver com a maldade, com a fome, com o ódio, com a intolerância de credo, de raça. Podemos viver como máquinas, mas não como humanos.

Observem os programas na tv. Os que geram maior audiência são aqueles que denigrem as pessoas, ou aqueles que só falam de tragédias, que exploram a miséria humana. Pessoas de opinião e caráter critico, como a Xênia Bier (alguém se lembra?) não tem espaço na mídia. Mulher na mídia, é só para fazer parte de uma feira, é melancia, maçã, jaca, melão, limão, morango... Pelo amor de Deus. Nossas irmãs que lutaram tanto por igualdade e respeito, devem estar se revirando no túmulo. Alguma mulher inteligente tem vez na mídia?

O que dizer do Big Brother Brasil? Está na 11ª edição (!!??) E se está há tantos anos é porque dá IBOPE, é porque dá dinheiro, é porque tem quem assista, é porque tem quem vote, é porque tem quem goste.

Será que ainda dá tempo de uma mudança para o bem?
Será que vamos conseguir dar um salto evolutivo?
Será que vamos fazer a transição?


Acredito que o que tiver que ser será, a transição vai acontecer, mesmo que não acompanhemos a evolução. O triste é saber que somente alguns vão conseguir fazer essa transição, e a grande maioria vai ter que ir para outros orbes. É triste porque a oportunidade foi dada a todos. Todos ouviram a mensagem de amor, seja através de Jesus, de Buda, de canalizações, de mentores de luz, enfim, todo mundo sabe o que está acontecendo ou sentindo a necessidade de mudança. No entanto, a maioria prefere zombar, e desacreditar os que falam de amor e mudanças.

Os blogs ou sites mais acessados são aqueles que publicam fofocas, pornografia, BBB, violência, todo tipo de lixo. Os que falam de evolução, de mudança, de conscientização, de profecias, são tratados com descaso e zombaria, desvalorizando todo o trabalho dos seres que tentam abrir espaço para a luz.

Não adianta ficarmos esperando Jesus voltar, ou que naves venham nos resgatar, e ficarmos de braços cruzados, porque eles não vão conseguir vir. Talvez até estejam perto, mas não poderão entrar, porque o nível vibratório do planeta está baixo. As energias trevosas estão atrasando nossa evolução.

Não adianta meia dúzia de acordados, enquanto meio milhão dormem. Uma andorinha não faz verão.

Pode parecer que estou muito negativa, mas o fato é, se não elevarmos a energia do planeta, nós vamos nos destruir. É simples. Mesmo que os seres evoluídos queiram nos ajudar, eles não poderão entrar. Entendam isso. Eles estão numa faixa vibratória muito mais elevada que a nossa.

Ficarmos esperando por ajuda de braços cruzados, não vai adiantar. Acreditar que basta se filiar em uma igreja ou religião e pronto, passaporte carimbado para a transição, para o céu, é muita infantilidade. Não é assim que funciona. Só vai funcionar quando a maioria entender, ou pelo menos uma boa parcela da humanidade, compreender as Leis Divinas, entender que somos responsáveis por tudo que fazemos, que seremos julgados pelos nossos atos e não nossas crenças. Seremos julgados pelo nosso coração e não pela nossa cor de pele.

Enquanto isso, o planeta vai gritando suas dores, com terremotos, tsunamis. Enquanto isso, vamos sofrendo numa transição, que poderia ser menos dificíl se tivéssemos ouvido os Enviados.

Mas não, somos muito estúpidos.

Porém, por favor, não acreditem em tudo que você lê, nem em mim. Busque a sua verdade. Pesquise. Questione.

Força a todos,
Claudia
__________________________________________________________________________

Escolhi um vídeo, onde a apresentadora Xênia Bier fala de Deus. Assistam, reflitam, comentem.

terça-feira, 15 de março de 2011

Notícia - Para especialistas, chegou o momento de um grande terremoto nos EUA

Notícia veiculada no site Terra, mostrando que muitos cientistas estão antecipando uma era de grandes desastres. Resta saber se os governos tomarão alguma providência ou nos deixarão à nossa própria sorte. O mundo inteiro está sofrendo, seja por nossa culpa ou não, e nenhum lugar está a salvo...
O que você faria se fosse presidente e soubesse de um grande desastre iminente? Talvez divulgasse a informação com conta-gotas, misturada a mentiras, para ser assimilada mais facilmente e ser fixada no inconsciente da população...
Frente a todas estas notícias, podemos nos perguntar se é coincidência que tantos desastres ocorram perto do auge da profecia maia, o ano de 2012, vaticinado como a transição de eras, a mudança de ciclo e de maneira nenhuma o fim da humanidade.
Infelizmente muitos não têm a oportunidade de se preparar psicologicamente e vivem adormecidos por suas rotinas como se tudo isso fosse um sonho distante.
Enquanto céticos afirmam que tudo isso é normal e que apenas temos mais acesso as informações, vemos manchetes de nevascas recordes, enchentes históricas, tsunamis nunca vistos, terremotos inimaginaveis.
Quem tiver olhos para ver que veja!

Notícia:
Pode ter chegado a hora de um grande terremoto seguido de maremoto para o oeste dos Estados Unidos, como o que atingiu o Japão na semana passada, e o país não está preparado, consideram os especialistas.
Os recentes acontecimentos no "Cinturão de fogo" do Pacífico levam alguns sismólogos a acreditar na iminência de um violento terremoto depois do que atingiu o Chile há um ano.

O oeste dos Estados Unidos, localizado entre duas zonas de forte atividade geológica, está particularmente exposto: a falha de San Andrés, que passa próximo de San Francisco e de Los Angeles, mas também a de Cascádia, localizada frente à costa oeste do Canadá e dos Estados Unidos.

Se um terremoto de magnitude 9 atingir essa zona da mesma forma que atingiu o Japão na sexta-feira poderá devastar as cidades de Vancouver, Portland e Seattle e desencadear um terrível maremoto.

"Nos últimos 10.000 anos, contamos 41 terremotos em Cascádia, a cada 240 anos em média. O último ocorreu há 311 anos. Um novo terremoto já deveria ter acontecido", explica Wang Yumei, geóloga do departamento de Geologia do Estado do Oregon.

"Os cientistas não podem prever exatamente a data de um terremoto, mas podem avaliar os danos que causaria", acrescentou.

Foram feitos grandes esforços para melhorar as infraestruturas nas últimas décadas nos estados do oeste do país, mas em várias regiões litorâneas muitas estruturas vitais públicas ainda estão em edifícios antigos.

Os especialistas também estão preocupados com os idosos e com as pessoas hospitalizadas próximo ao litoral, que não podem se deslocar com rapidez em caso de uma onda gigante.

Engenheiros já apresentaram projetos de construção de refúgios em locais altos, mas nunca concluíram.

"Todos os preparativos são feitos por iniciativa local e são extremamente variáveis ao longo da costa", observa Tom Tobin, presidente do Instituto Americano de Pesquisa da Construção em Zonas Sísmicas.

O especialista afirma que na Califórnia uma lei federal defende que os hospitais sigam as normas para enfrentar os riscos sísmicos. Mas "desde 1971, apenas um hospital foi construído em San Francisco conforme essas normas. Outros edifícios são ultrapassados, alguns datam inclusive do início do século XX".

"Não estamos preparados", considera o sismólogo Ivan Wong, vice-presidente da URS, uma empresa que presta assessoria em meio ambiente e engenharia. "Não estamos nem no nível da preparação do Japão que, como vimos, ficou devastado", acrescentou.

"Temos muitas dificuldades para convencer os americanos de que na costa noroeste correm um risco real", explicou.

No entanto, embora os tremores se intensifiquem ao longo do "Cinturão de fogo", outros cientistas consideram que não estão em condições de estabelecer uma regra que provaria que um terremoto no Japão deixa os Estados Unidos mais expostos.

"Até onde sabemos, um terremoto no Japão não gera forçosamente um terremoto em outro lugar do mundo, como a Califórnia", considera Jim Whitcomb, geofísico da Fundação Nacional de Ciências.

Segundo ele, o próximo sismo nos Estados Unidos poderá ser antecedido, como no Japão na semana passada, de uma primeira onda de magnitude 7,2.

Ou talvez não. "Cada terremoto é único e segue seu próprio caminho", ressalta.

FONTE:

_______________________________________________________________________________

Como funcionam os terremotos




FONTE: Canal Como Tudo Funciona
______________________________________________________________________________

Explicando o Tempo - Tsunami


FONTE: Canal Clima Tempo

segunda-feira, 14 de março de 2011

Derretimento do pólo em 2012 - O que mais nos escondem?


Abaixo temos um video do Jornal Nacional com matéria exibida em 2007, referente ao anúncio da NASA sobre o derretimento da calota polar norte. A matéria pode ser antiga, mas julgam que não temos cérebro para lembrar as coisas antigas, mas vamos provar o contrário, temos sim memória...



Agora vamos juntar mais umas peças...

O sol era para estar no auge de um período de máxima atividade, de ciclos que duram em média 11 anos, mas não é o que vêm ocorrendo, tanto que as previsões é que o máximo só aconteça em 2013. Sem que isso seja uma previsão fatídica...


Acima, os ciclos solares ao longo dos últimos 100 anos. A curva azul mostra a variação cíclica no número de manchas solares. As barras vermelhas mostram o número acumulado de dias sem manchas solares. O mínimo do 23.º ciclo solar foi o maior da era espacial, com o maior número de dias sem manchas solares.
Crédito: Dibyendu Nani et al. http://eternosaprendizes.com/2011/03/11/astrofisicos-explicam-o-misterio-da-inatividade-solar-de-2008-e-2009/#more-14018

O derretimento da calota vai desepejar uma imensa quantidade de água doce no mar, o que supõe-se vai interferir na corrente do atlântico. Esta corrente leva calor para os continentes do hemisfério norte, sua interrupção levaria a uma mini Era Glacial. Existem indícios de que isto já teria ocorrido em outros tempos (http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI1275641-EI295,00.html). Agora se simultaneamente o sol estiver com baixa atividade, poderemos riscar o "mini"...

A ação do sol parece ter certa relação com nosso campo magnético, mesmo que os cientistas não saibam precisar qual é esta interferência. Muitos alegam que o campo magnético está diminuindo, indicando uma possivel inversão do campos (dos pólos magnéticos não dos pólos físicos!!!!). Muitos contestam, a NASA inclusive, dizendo que tal inversão não acontecerá por milênios ainda. Mas o campo magnético é importante para nos proteger dos raios que vêm do espaço.


O campo magnético que envolve toda a Terra serve também como escudo e fornece proteção contra os ventos solares, provenientes de explosões que ocorrem no Sol. Essas explosões lançam toneladas de partículas que só não atingem nosso planeta - o que seria desastroso para a vida na Terra - porque estamos protegidos pelo campo magnético:
<><><><><>  <><><><><><><><><><><><><><><>
                                                                          <><><><> <>
             Reprodução

Partículas provenientes do Sol são desviadas da Terra graças ao campo magnético terrestre.


Então poderemos ter um mínimo solar, uma diminuição do campo magnético com a entrada de raios cósmicos em larga escala, além da aproximação de alguns astros que foram catálogados e que tem previsão de passarem por aqui em 2012.

Novos estudos também apontam para uma relação entre o sol e terremotos, mas tudo ainda é muito incerto.
A NASA e atrônomos amadores (???) vem descobrindo novos objetos e nos perguntamos, o que mais está ai para ser descoberto?
O que eles sabem e nos escondem?
Por que o Vaticano tem tantos telescópios potentes?
Por que tantos anúncios que nos deixam com a pulga atrás da orelha?
Planetas e asteróides que se aproximam... Descobertos por amadores...

As mentiras misturadas as verdades fazem muitos desacreditarem de tudo, enquanto outros acreditam em tudo o que vêem. Tudo com o propósito de confundir e nos afastar da verdade.

Se há esse tipo de informação é porque há uma intenção por trás, mesmo que seja tudo mentira... O fato é que muitas coisas estranhas estão acontecendo no mundo, só não vê quem não quer.

Seja mentira, ou tenha algo de verdade em meio a tantas mentiras, devemos informar e ficar atentos com todas as notícias, é essa a função de um blog que tenta ajudar as pessoas a pensarem um pouco além da sua realidade.

A mentira impera nesse planeta desde sempre, e querem que continuemos cegos, surdos e mudos, porque somos escravos de um poder que está além da nossa compreensão e nos tem dominado à milênios, através da manipulação da verdade, seja em formas de governos, religiões, dinheiro...

Estamos vivendo momentos decisivos, onde haverá o fim desse mundo material, o fim dessa escravidão. Mas isso, não é uma coisa automática, há uma luta, você tem que se libertar e ninguém fará isso por você.

No entanto, precisamos acordar e olhar além do que nos mostram, e para isso é preciso tentar ver nas entrelinhas. Acreditem, nada vai para o público sem uma intenção...

Esquecemos que temos uma parte importante no processo todo, a evolução depende unicamente de nós enquanto que as catástrofes estão nas mãos do Grande Arquiteto, então não nos deixemos abater. Elevemos nossos sentimentos, emanemos amor a todos que necessitam. Busquem sua própria ascensão!
Não temam, tudo que é transitório não é real, é uma ilusão. Estamos aqui por instantes, vamos aproveitá-los bem.

Estamos aqui para vocês e por vocês.

Amor sempre
Claudia e Larissa

Música - Trem das sete, de Raul Seixas

Queridos amigos e amigas,
Hoje nos lembramos de uma música de um grande artista brasileiro, Raul Seixas. A música é Trem das sete.

De acordo com o site WebLetras:
"Na canção, Raul usa como alegoria um trem que passava em sua cidade durante a infância. Esse trem passará para buscar os iluminados já aptos a entrar na Era de Aquário. A letra diz: "Vê, é o sinal das trombetas dos anjos e dos guardiões, lá vem Deus deslizando no céu entre plumas de mil megatons, e o mal vem de braços e abraços com o bem num romance astral"
Esse seriam os sinais de que o trem estaria chegando e quem quisesse poderia embarcar, já que: "não precisa passagem nem mesmo bagagem no trem."


Ouça a música, leia a letra, sinta a música, escute o que ela fala para você, e fique à vontade para comentar.

Forte abraço,
Claudia e Larissa





O Trem Das 7

Raul Seixas

Composição: Raul Seixas
 
Ói, ói o trem, vem surgindo de trás das montanhas azuis, olha o trem
Ói, ói o trem, vem trazendo de longe as cinzas do velho éon
Ói, já é vem, fumegando, apitando, chamando os que sabem do trem
Ói, é o trem, não precisa passagem nem mesmo bagagem no trem
Quem vai chorar, quem vai sorrir ?
Quem vai ficar, quem vai partir ?
Pois o trem está chegando, tá chegando na estação
É o trem das sete horas, é o último do sertão, do sertão
Ói, olhe o céu, já não é o mesmo céu que você conheceu, não é mais
Vê, ói que céu, é um céu carregado e rajado, suspenso no ar
Vê, é o sinal, é o sinal das trombetas, dos anjos e dos guardiões
Ói, lá vem Deus, deslizando no céu entre brumas de mil megatons
Ói, olhe o mal, vem de braços e abraços com o bem num romance astral
Amém.

Palestra de David Icke - The Lion Sleeps No More (Legendado)

Amigos e amigas,
Encontrei esse documentário no blog Wake Up.
Créditos pela Tradução: Canal ShaoHuaLong
(Para ver as partes restantes, clique no link acima)

Abraços

















Notícia: Pesquisadores alegam ter encontrado a cidade perdida de Atlântida

A lendária cidade que teria sido afundada no oceano por um tsunami estaria localizada na costa sul da Espanha.
Por Daniel Pavani

Um grupo de pesquisadores de diferentes nacionalidades afirma ter encontrado a localidade da cidade perdida Atlântida, a lendária cidade da antiguidade que teria sido afundada no oceano após ser atingida por um tsunami.
A equipe responsável pela possível descoberta é liderada pelo arqueólogo americano Richard Freund, da Universidade de Hartford, nos Estados Unidos. Segundo o site da universidade, os pesquisadores utilizaram fotografias aéreas, ondas penetrantes de radar e tomografia de resistividade elétrica para aferir as informações da localização do que poderia ter sido a primeira metrópole já criada pelo homem, destaca o site Engadget . Segundo eles, as ruínas do que seria Atlantis estão localizadas na costa sul da Espanha.
Atlantis, ou o continente perdido de Atlântida, como também é conhecida, foi primeiro descrita pelo grego Platão, assim como conta sua página na Wikipédia ( pt.wikipedia.org/wiki/Atlântida ) e seria uma civilização bastante avançada como sociedade e que se desenvolveu em uma ilha, mas que teria afundado no oceano em apenas um dia.
Os pesquisadores trabalharam durante os anos de 2009 e 2010 com as imagens e realizando levantamentos na região do sul da Espanha, próximas ao Parque Doña Ana, tendo encontrado ruínas de uma cidade que dataria de mais de 4 mil anos. Mas o que realmente deu a Freund a ideia de que as ruínas poderiam ser mesmo Atlântida foi o fato dele ter encontrado em muitos locais da Espanha cidades memoriais, construídas à imagem da cidade mítica.
Na noite deste domingo, nos Estados Unidos, o canal de TV da National Geographic apresentou um programa sobre a possível descoberta dos pesquisadores, chamado de Finding Atlantis, ou Encontrando Atlantis, em inglês. Mais informações sobre o show podem ser obtidas na página da NatGeo ( goo.gl/6bJXJ ).
Para quem pode estar se perguntando se isto tudo não seria apenas trabalho de oportunistas dados os acontecimentos da última sexta-feira (11) no Japão, fica o destaque que o programa da NatGeo com os pesquisadores da Universidade de Hartford foi gravado no dia 9 de março, ou seja, dois dias antes da tragédia na Ásia.
Muitas são as histórias, as lendas e as teorias envolvendo a cidade mítica Atlântida. Será esta mais uma delas?

FONTE:


COMENTÁRIO:
Mais uma notícia que muitos vão ficar esperando pela confirmação.
Verdade ou mais uma piada virtual???
Vamos aguardar maiores informações.

Forte Abraço,
Claudia

sábado, 12 de março de 2011

O mundo é dos melhores?

Estamos obcecados com "o melhor".
Não sei quando foi que começou essa mania, mas hoje só queremos saber do "melhor".
Tem que ser o melhor computador, o melhor carro, o melhor emprego, a melhor dieta, a melhor operadora de celular, o melhor tênis, o melhor vinho. Bom não basta.
O ideal é ter o top de linha, aquele que deixa os outros pra trás e que nos distingue, nos faz sentir importantes, porque, afinal, estamos com "o melhor".
Isso até que outro "melhor" apareça e é uma questão de dias ou de horas até isso acontecer.
Novas marcas surgem a todo instante. Novas possibilidades também. E o que era melhor, de repente, nos parece superado, modesto, aquém do que podemos ter.
O que acontece, quando só queremos o melhor, é que passamos a viver inquietos, numa espécie de insatisfação permanente, num eterno desassossego.
Não desfrutamos do que temos ou conquistamos, porque estamos de olho no que falta conquistar ou ter.
Cada comercial na TV nos convence de que merecemos ter mais do que temos.
Cada artigo que lemos nos faz imaginar que os outros (ah, os outros...) estão vivendo melhor, comprando melhor, amando melhor, ganhando melhores salários.
Aí a gente não relaxa, porque tem que correr atrás, de preferência com o melhor tênis.
Não que a gente deva se acomodar ou se contentar sempre com menos. Mas o menos, às vezes, é mais do que suficiente.
Se não dirijo a 140, preciso realmente de um carro com tanta potência?
Se gosto do que faço no meu trabalho, tenho que subir na empresa e assumir o cargo de chefia que vai me matar de estresse porque é o melhor cargo da empresa?
E aquela TV de não sei quantas polegadas que acabou com o espaço do meu quarto?
O restaurante onde sinto saudades da comida de casa e vou porque tem o "melhor chef"?
Aquele xampu que usei durante anos tem que ser aposentado porque agora existe um melhor e dez vezes mais caro? O cabeleireiro do meu bairro tem mesmo que ser trocado pelo "melhor cabeleireiro"?
Tenho pensado no quanto essa busca permanente do melhor tem nos deixado ansiosos e nos impedido de desfrutar o "bom" que já temos.
A casa que é pequena, mas nos acolhe.O emprego que não paga tão bem, mas nos enche de alegria.
A TV que está velha, mas nunca deu defeito.O homem que tem defeitos (como nós), mas nos faz mais felizes do que os homens "perfeitos".
As férias que não vão ser na Europa, porque o dinheiro não deu, mas vai me dar a chance de estar perto de quem amo...
O rosto que já não é jovem, mas carrega as marcas das histórias que me constituem.
O corpo que já não é mais jovem, mas está vivo e sente prazer.
Será que a gente precisa mesmo de mais do que isso?
Ou será que isso já é o melhor e na busca do "melhor" a gente nem percebeu?


P.S -Texto escrito por um jornalista londrino que optou por morar numa cidade em Minas Gerais.




O que é o 11:11?

Muitos estão se perguntando sobre o número 11... Para quem acompanha o meio "alternativo" de pensar isto é algo que já vem sendo debatido há alguns anos. Aqui segue uma explicação, sobre porque este número atrai tanto a nossa atenção. O texto aborda a abertura de portais, onze ao todo, cada um levando a um novo patamar de consciência. Ainda este ano vivenciaremos a abertura do décimo portal. O nono portal tem como palavras-chaves: Um Ser em Ação - O Surgimento dos Verdadeiros.
Para ser um Eu Verdadeiro, basta não mais escondermos quem nós somos, nos aceitarmos plenamente. E a partir disto poderemos entrar em Ação, colocando nossos talentos individuais em ação, juntos. Quando isto for estabelecido, saberemos o que fazer e estaremos prontos. "Seremos mestres em ação, criando a Nova Realidade a partir do mais profundo Amor". Não importa se você acredita ou não, se você anseia por uma realidade diferente onde o Amor seja a regra, entregue-se, igual a Madre Teresa, aja, desperte! 

_____________________________________________________________________

11:11 é um gatilho pré-codificado
colocado dentro dos nossos
bancos de memória celular
antes da nossa descida na matéria.


O 11:11 esta próximo.
Traduzido por Yehaskel

UM “DESPERTADOR” DE RECORDAÇÕES:

Por muitos anos, os números 11:11 tem aparecido misteriosamente para milhões de pessoas por todo mundo. Geralmente aparecem em relógios digitais, as aparições do 11:11 tendem a ocorrer em momentos de elevação de consciência, tendo um poderoso efeito para aqueles que as vêem.
Cada vez que vemos os números 11:11, os nossos bancos de memória celular se ativam mais. Há um profundo alvoroço interno, uma vaga lembrança de algo esquecido há tempos. A aparição do 11:11 é uma confirmação poderosa de que estamos no caminho certo, alinhados com a Realidade Maior.
Aparições repetidas do 11:11 tem acontecido para milhões pelo mundo. Muitos querem saber porque isto está acontecendo? O que o 11:11 significa?

Quando o 11:11 aparece para você, é o seu chamado. Um canal direto se abre entre você e a Realidade Maior.

O 11:11 é um ponto de inserção
para que a Realidade Maior
entre no momento presente.

Quando isso acontece, é hora de parar o que quer que seja que você esteje fazendo e OLHAR MAIOR.



Uma transferência está em posição.

 

Você pode entrar na Realidade Maior e viajar mais profundamente no Invisível. Você pode semear um desejo antigo, receber uma visão, pedir ajuda em alguma área específica da sua vida ou simplesmente sentir o Invisível se inserir em sua vida no momento presente. As revelações que você receber não virão na forma de conceitos mentais. Ao invés disso, será um estado elevado de ser no qual você verá tudo como se tivesse novos olhos. Uma compreensão mais profunda do que é verdadeiramente real irá lhe envolver.

A aparição do 11:11 é sempre um ato benéfico
de Intervenção Divina.



Ela lhe mostra que é chegada a hora de dar uma boa olhada ao seu redor e ver o que é real e o que é ilusório. É hora de perfurar os véus da ilusão que nos mantém ligados a um mundo irreal. Você foi escolhido, porque você está pronto, a entrar na Realidade Maior. Para mostrar o caminho aos outros para uma nova maneira de viver, em Amor Maior. Para ascender da dualidade para Unidade.

O 11:11 é a ponte
entre dualidade e Unidade.
É o nosso caminho para o Desconhecido.

All material copyrighted 1989 - 2006 by Solara. Todos os direitos reservados.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...